Aumenta exploração sexual infantil online

 

Esta semana a Europol denunciou o aumento e a criação de novas técnicas de cibercrime”, no âmbito da exploração sexual infantil na internet.

O elevado número de delitos, em “níveis inimagináveis” conforme se afirma indicam que os “cibercriminosos estão a adotar  técnicas novas e criativas para atacar crianças a um ritmo sem precedentes”.

O relatório pretende evitar novas vítimas, notando que os criminosos que utilizam este tipo de programas, designados ‘malware’, preferem “os bancos, onde existem maiores ganhos potenciais” do que os ataques aleatórios a empresas.

Segundo a polícia europeia, sedeada em Haia, nos Países Baixos, refere os riscos de ser vítima deste tipo de programas maliciosos “aumentam” à medida que os utilizadores recorrem à banca na internet para realizar gerir as suas contas ou fazer pagamentos.

Para a Europol a exploração sexual infantil na internet “continua a ser o aspeto mais inquietante” do crime cibernético com casos “cada vez complexos e sofisticados” e a aplicação da lei “exige “capacidades adicionais e recursos de investigação e forenses”.

europol

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.