Um caminho mais directo e seguro para as Américas

A Angola Cables apresentou o seu projecto SACS, na Cimeira de Telecomunicações Africom. Considerada uma das maiores conferências do sector a nível do continente africano a cimeira decorreu até dia 15 na Cidade do Cabo, África do Sul.

Esta nova rota, a primeira que liga a África e a América do Sul, directamente, atravessando o Sul do Atlântico, mudará a dinâmica do tráfego da Internet no Hemisfério Sul e, combinado com o Monet e o WACS, trará novas opções de roteamento de tráfego digital.

“A participação no Africacom 2018 é importante devido à entrada em funcionamento do SACS, que é um caminho mais directo e seguro para as Américas – sem ter que passar pela Europa”, apontou Nunes. CEO da AC.

Grandes vantagens em termos de capacidade e redução da latência-tempo de espera nas comunicações, é o que se espera do SACS.

Provedores de todo o mundo (ISPs), provedores de serviços em nuvem (CSP’s) e provedores de conteúdo superiores (OTTs), sairão a ganhar com esta nova rota, refere o CEO da Angola Cables António Nunes sublinhando que a conquista, está a fazer de Angola uma referência quase que obrigatória no mapa africano do sector.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.